Aliança Municipal Espírita de Barbacena

Fundada em 24/09/1944

Durante o 2º Congresso Espírita Mineiro, realizado em Belo Horizonte o Sr. José Abrantes Júnior um dos fundadores da AME Barbacena, esteve representando nossa cidade. Entre vários temas abordados e estudados um dos tópicos foi a criação de Alianças Municipais Espíritas em cidades pólos, melhorando assim o relacionamento, a convivência e a comunicação entre os trabalhadores espíritas.

Sr. Zezinho Abrantes, como era conhecido, voltou para Barbacena entusiasmado, pois sempre fazia o trabalho de visitas às casas espíritas com o intuito da unificação; com a criação da Aliança ele estaria realizando seu sonho. Onde funcionaria a sede da Aliança? Esta seria uma dificuldade; mas em nossa história entra agora um personagem que será o exemplo do desapego, da amizade, coragem e personalidade empreendedora: Carlos Mário Lacerda da Cruz Machado, o qual assumiu a responsabilidade de construir a sede, e na antiga Rua Dr.Laurindo, no Bairro Boa Morte, onde ele tinha um lote, começou a construção, posteriormente doou o terreno à Aliança. Quando era necessário comprar material ou pagar funcionários, o mesmo o fazia com recursos próprios. Assim nascia a Aliança Espírita Barbacenense, em 24/09/1944 sendo a 1ª a ser fundada no estado de Minas Gerais.

Durante certo tempo fizeram estudos e reuniões, mas as pessoas achavam o local distante e a freqüência diminuiu até a casa ficar vazia. Diante das dificuldades encontradas foi decidida a venda da casa. Cruz Machado então comprou algumas lojas no Edifício Mercantil, centro da cidade e ali instalou a nova sede da Aliança. Mas a galeria do edifício – à noite, ficava abandonada e vândalos arrombavam a porta ficando a sede desprotegida. Mais uma vez e pacientemente Cruz Machado se dispôs a ajudar; vendeu as lojas. Sua cunhada Juracy tinha uma loja localizada à Rua Monsenhor João Gonçalves; a qual, Cruz Machado trocou por um imóvel de sua propriedade transferindo-se, assim, a sede para ali; onde hoje funciona a Aliança Municipal Espírita de Barbacena e a Livraria Espírita Chico Xavier.

Fonte: Pesquisa realizada por Alexsandro José da Silva, em documentação da AME.