A Área de Esperanto (AESP) manterá, no âmbito interno, o ensino e a divulgação da língua internacional, e, em estreita identidade com o Sistema Federativo, implementar medidas que atendam ao imperativo de facilitar, através de recursos eficientes, o interesse e a veiculação do Esperanto em nosso estado, observado o disposto no parágrafo segundo do artigo 30. (Os Departamentos e Setores Doutrinários e Assistenciais da UEM exercerão suas atividades gratuitamente, ou seja, sem quaisquer ônus, direta ou indiretamente, aos assistidos e participantes de suas programações.( Art. 37 UEM)

A AESP tem por finalidade divulgar o Esperanto no Movimento Espírita, como instrumento de divulgação da Doutrina Espírita, em estreita colaboração com as demais áreas da UEM, com as AMEs e CREs de Minas Gerais e com a Federação Espírita Brasileira.

Incumbe à AESP:

  • Orientar a organização de turmas para o aprendizado da língua internacional.
  • Incentivar, orientar e apoiar a formação de núcleos, setores ou departamentos de Esperanto junto aos órgãos do esquema federativo mineiro.
  • Produzir e distribuir materiais com orientações administrativas e evangélico-doutrinárias para o estudo e a divulgação do Esperanto.
  • Sugerir e desenvolver programas para o ensino e o aprendizado do Esperanto. Realizar palestras, cursos, encontros sobre os temas específicos do Departamento.
  • Realizar reuniões com as AME e os CRE para troca de experiências, idéias e orientações sobre o tema.
  • Fornecer orientação pedagógica para coordenadores e monitores de turmas de estudo do Esperanto.
  • Promover o aprimoramento pedagógico dos que atuam no ensino do Esperanto.
  • Manter, incentivar e orientar o relacionamento com o Movimento Esperantista neutro.
  • Colaborar na divulgação internacional do Espiritismo por meio do Esperanto.
  • Organizar turmas para o ensino e o aprendizado do Esperanto na UEM, como campo experimental.

Fonte: Site União Espírita Mineira - UEM